terça-feira, 21 de junho de 2011

Mães burras!

...

Um dia uma criança estava chorando porque sua mãe havia ido trabalhar, então a terapeuta resolveu perguntar : Que bom que sua mamãe trabalha!!Ou preferer uma mamãe burra que só fica em casa fazendo bolo??
Quero bolo todo dia! Foi a resposta da menina.
...
Pois bem, nunca falei sobre esse assunto aqui no blog.
Primeiro porque ficar debatendo não é o forte desse canto aqui, segundo porque é um tema que eu mesma mudo de opinião a cada história que ouço, etc, etc.
Mas enfim, como sou uma mãe "burra", ou seja, que não fica de 8h às 18h fora de casa trabalhando em todos os da semana e outras vezes no findi e também em horas extras, eu precisava desabafar aqui.
Não penso e nunca pensei que uma mãe que trabalha, que ajuda a correr atrás do sustento da sua família, que precisa de um trabalho para se sentir útil, etc, etc..é menos ou mais mãe que eu que fico com minha filha ALL DAY, ALL TIME!JAMAIS!
Fui criada por uma mãe que PRECISOU trabalhar muito!Que chegava em casa às 19h e esquecia o mundo para poder sentar no tapete e viver aquelas horas livres SÓ para mim!E isso foi fundamental para minha criação e educação.
Sabe o danado do tempo de qualidade que tanto se fala por ai?Pois bem, esse sim é o que importa!
Nada adianta, na minha opinião é claro, uma mãe dizer que passa o dia em casa cuidando do filho, se só o que ela faz é limpar, lavar, dar banho, preparar comida, etc.Isso, na boa, qualquer uma pode fazer no lugar da mãe, seja secretária do lar, avó, sogra, amiga, etc.
O grande diferencial da mãe que fica com o filho, para mim, é ter o privilégio de poder parar no meio da tarde para montar quebra-cabeça, deitar junto na cama para fazer dormir enquanto recebe carinho no rosto, preparar a vitamina e ver a carinha de alegria ao ver que a criança gostou, é brincar de comidinha, ser a boneca, dançar, pular, cantar..aiii isso sim é bom!
E isso as mães que trabalham também podem e na maioria das vezes, fazem muito melhor que as que ficam em casa durante o dia, pois chegam com tanta saudade dos seus rebentinhos que só querem saber deles e não de internet, de papéis, de varrer, etc.
Enfim.
Estudei anos, anos, anos.Depois fiz mais 5 anos, e depois mais quase um ano até me tornar advogada.E eu, não troco NENHUM desses anos pelo 1 ano e 5 meses que estou longe dos meu códigos e leis.
Descobri novos prazeres!Me redescobri!
Hoje, posso dar conta de Alice, do marido, da casa, dos acessórios lindo que vendo, e do meu sonho guardado por tanto tempo e que Deus me permitiu realizar há um mÊs, que é a empresa de personalização de lembranças que abri com uma amiga.
Sendo assim, saí de uma mãe completamente para uma meio burra, ok?!kkk
Pode ser que eu volte um dia aos escritórios, ou a Lembrança Real precise de mim por mais horas do dia, ou até mesmo eu largue TUDO e fique só com Alice e os outro muitos filhos que ainda terei, só Deus sabe!O que der na telha, eu faço!kk
...
Falando nisso..
Hoje tem bolo aqui em casa, ok?!
...
Beijos!

8 comentários:

DianaRamlow disse...

Eu concordo com vc.O que adianta uma mae ficar o dia todo em casa se nao tem tempo suficiente pra parar algumas horinhas so pra curtir o filho.Tenho uma vizinha assim,o filho dela tem a mesma idade do Rhyan,meio q me critica pq eu trabalho e ela fica em casa,mas eu nao vejo ela como aquela mae carinhosa,paciente,eu sou muito mais do que ela e meu filho nao fica comigo o dia todo.Ha casos e casos.

As fase do meu filho estou aproveitando todas e curtindo muito.

Nem sabia q vc era socia da lembrança real,descobri essesd ias no facebook..
parabens
bjaoo

Carmem Rentes. disse...

Adorei Kamill! Por muito tempo me sentia assim meio " burra", hj vejo com orgulho o tempo que fiquei e fico em casa fazendo bolo....bjooo pra vc e parabéns!

Carol Meoli, agora mamãe... disse...

Oi, essa coisa de mãe que trabalha fora é complicado... a única coisa que me deixa mais triste de ter que voltar a trabalhar é perder muita coisa da minha princesa, as gracinhas e palavrinhas, e afins... bjinho

Fabiana disse...

O que vale é o que fazemos com o tempo que temos com nossas filhos. Eu filho pouco durante a semana, mas esse pouco é só dela. Meu e dela.
E os fins de semana, ahhh, têm um gostinho especial, pois posso ficar com ela direto.
Nada a ver quem fica em casa é burra! Aff.
mas me fale mais dessa empresa de lembranças personalizadas.
Já fizeram site?
Boa sorte nessa nova empreitada, Ká.
Bjos.

Amigoos disse...

Amiga sempre trabalhei fora, mas a 1 ano e meio tomei a decisão de parar.
Hoje me sinto, mas do que realizada, me sinto amada, me sinto realmente importante, mesmo sabendo que talvez tivesse uma carreira de sucesso como Gestora de Empresa, (quem sabe um dia?). Hoje Deus esta no comando do meu barco e da minha família.

Hoje me sinto em especial MÃE,

Andressa Gois Nogueira

Docedia-dia disse...

Apoiada Kamilla! Temos q aproveitar sim nossos filhos com qualidade sempre.
Também parei de trabalhar desde q o João Pedro nasceu, dai em diante trabalho vendendo minhas coisinhas quando o tempo sobra. E sou feliz assim!

Andrea Fregnani disse...

:) que post legal!
Eu sou uma mãe burra tb, aqui em casa tem sucos e frutinhas sempre frescas, parquinho todas manhãs, e muito chamego. Um dia eu tb vou ser uma mãe meio burra qnd a Alice for pra escolinha meio período, parabéns pelas suas conquistas como mãe e profissional, quero boloooo,
bjs

julianaescreve disse...

Admiro vc amiga, e te dou a maior moral! Nao sei se seria ao competente... o tempo dirá... mas por enquanto, muito, muito sucesso pra vc! beijo no coração! :)